Notícias


Pará receberá o XX Encontro Nacional da Jovem Advocacia.

08/05/2019 / Autor: OAB-PA


Eleição da capital paraense ocorreu ao final das deliberações do Colégio Nacional de Presidentes Jovens, realizado nos dias 02 e 03 de maio, em Maceió (Alagoas). Evento será realizado em meados de 2021 e terá a OAB-PA como sede pela primeira vez. Presidente da Comissão de Advogados em Início de Carreira da OAB-PA, Alvimar Pio participou da programação, assim como a presidente da Comissão Nacional da Jovem Advocacia, Daniela Teixeira, e o vice-presidente da OAB Nacional, Luiz Viana Queiroz. Na oportunidade, os representantes das 27 seccionais aprovaram a emissão de nota de repúdio contra a PL 832/2019, que visa o fim do Exame de Ordem, proposição apresentada pela bancada do Pará. Houve ainda a aprovação da proposta de criação de curso de formação do jovem advogado (com ementa unificada nacionalmente, criada por iniciativa da jovem advocacia) para qualificar melhor o advogado em Início de Carreira. As duas proposições foram aprovadas por unanimidade. Pronunciamentos Ao discursar na cerimônia de abertura, o vice-presidente da OAB Nacional, Luiz Viana Queiroz lembrou que a Ordem é naturalmente responsável pelas demandas da advocacia, mas ressaltou que o papel da instituição vai além: alcança a defesa do estado democrático de direito e da sociedade. “É fundamental que se perceba que a OAB é uma instituição cuja pauta principal é a dos problemas e demandas da advocacia. Temos essa responsabilidade classista e seguiremos atuando pela valorização profissional. Mas não somos apenas uma entidade de classe: somos a única entidade da sociedade civil inscrita na Constituição Federal, com competências públicas, o que nos dá maior responsabilidade”, apontou. O diretor ressaltou que a relevância da Ordem é fruto de uma história de mais de 85 anos de construção, de representatividade, de legitimidade e de credibilidade. “O Conselho Federal da OAB tem feito um esforço de estar sintonizado com a classe ao mesmo tempo em que atua nas pautas da sociedade, na defesa do Estado Democrático de Direito, da justiça social, dos direitos humanos”, resumiu. 262fb2d3 6be2 4b63 a1af 8cca1b12906bDaniela Teixeira, presidente da Comissão Nacional da Advocacia Jovem da OAB, demonstrou a importância do encontro com as lideranças das seccionais. “A razão maior da existência da OAB é a jovem advocacia, que já é metade dos quadros da profissão e precisam ocupar esses espaços. Que estejamos unidos num propósito maior que é defender a advocacia jovem, traçar um plano e metas que possam ser levadas ao Conselho Federal”, acrescentou. Convênio A coordenadora de Comunicação da OAB Nacional, Fernanda Marinela, apresentou o Convênio PROADV, firmado pela instituição. “Sabemos que não é fácil gerir um escritório, dar conta de processos e prazos. Essa é uma ferramenta tecnológica que vai auxiliar bastante todos os advogados e advogadas em início de carreira. O convênio celebrado vai proporcionar que nos primeiros seis meses, a jovem advocacia tenha acesso a ferramentas que auxiliam diretamente na organização dos seus escritórios”, explicou.