FIDA



O FIDA – FUNDO DE INTEGRAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ASSISTENCIAL DOS ADVOGADOS, foi criado através do Provimento n° 122/2007, do Conselho Federal da OAB, tendo em vista a reforma ocorrida à mesma época nos arts. 56 e 57 do Regulamento Geral do Estatuto da Advocacia e da OAB, no qual houve a redução do percentual das anuidades para o Conselho Federal, Fundo Cultural e Caixa de Assistência (de 27,5% para 20%), 

O FIDA foi gerado considerando os seguintes aspectos: 

- A necessidade de uniformizar e dinamizar os procedimentos de gestão das Caixas de Assistência dos Advogados; 
- A necessidade de fixação dos pilares de planejamento, transparência, controle e responsabilização, atrelados à eficiência, eficácia e economicidade da gestão das Caixas de Assistência dos Advogados; 
- As desigualdades regionais às quais as Caixas de Assistência dos Advogados estão submetidas; 
- Ser essencial à delimitação das responsabilidades dos administradores dos diversos órgãos que compõem a Ordem dos Advogados do Brasil; 

Os recursos do FIDA são destinados às despesas administrativas do Conselho Gestor, aos investimentos e ao desenvolvimento dos serviços prestados pelas Caixas de Assistência dos Advogados, e são administrados em conta corrente específica, sob a titularidade do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, e disponibilizados segundo determinações emanadas do seu Conselho Gestor. 


CONSELHO GESTOR:

Dr. Antônio Oneildo Ferreira (Diretor Tesoureiro do Conselho Federal da OAB)

Dr. Felipe Sarmento Cordeiro (Presidente do FIDA / Conselheiro Federal de Alagoas)

Dr.Francisco Eduardo Torres Esgaib (Conselheiro Federal do Mato Grosso)

Dr. Walter Cândido dos Santos (Conselheiro Federal de Minas Gerais)

Dr. Edilson Baptista de Oliveira Dantas (Conselheiro Federal do Pará)

Dr. Alberto Simonetti Cabral Neto (Presidente da OAB Seccional Amazonas)

Dr. Luiz Viana Queiroz (Presidente da OAB Seccional da Baia)

Dr. Pedro Henrique Braga Reynaldo Alves( Presidente da OAB Seccional Pernambuco)